OS EFEITOS DA PANDEMIA NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO BRASIL

Resumo

O objetivo do presente artigo é analisar os efeitos da pandemia na educação de crianças e adolescentes no Brasil. Para tanto, a metodologia utilizada foi a revisão descritiva, realizada a partir de artigos científicos completos disponíveis em plataformas de literatura Latino-americana e do Caribe (LILACS) e Biblioteca Eletrônica de Periódicos Científicos Brasileiros (SciELO), acessados por intermédio da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Os resultados da pesquisa demonstram que a pandemia da COVID-19 trouxe impactos negativos transversais e assimétricos em todo o campo da Educação, potencializando o aumento da desigualdade socioeconômica e educacional, ampliado no contexto de isolamento social, forçando os profissionais da educação a encontrar alternativas tecnológicas para transmitir os conteúdos aos alunos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em Direito pela Faculdade Mato Grosso do Sul (2011). Especialista em Direito Civil e Direito Processual Civil pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB (2013). Mestre com linha de pesquisa na Lei nº 11.196/05 - financiamento de pesquisas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS (2015).  Professor de Direito Civil na Faculdade de Direito Prof. Nelson Trad - FADIR/UFMS (2016).  Doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Faz parte da Academia Paulista de Direito (SP). Bolsista CAPES.

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Bolsista CAPES.

Ady Faria da Silva

 

Mestrando no Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em Farmácia Bioquímica pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1980), Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) (1997), e Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) (1999). Professor Titular (Full Professor) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) (2017). Professor Visitante (Visiting Researcher) (2019-2021) e pesquisador permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste (PPGSD), da Faculdade de Medicina (FAMED), da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) - Áreas de Concentração: Saúde e Sociedade. Linhas de pesquisa: 1. Atenção à saúde integral da criança, do adolescente e da gestante; 2. Doenças emergentes, reemergentes e negligenciadas na Região Centro-Oeste: aspectos sócio-culturais ecoambientais, epidemiológicos e clínicos, e 3. Avaliação de tecnologias, políticas e ações em saúde. Revisor (Referee) de periódicos científicos. Atua nas áreas de ensino, extensão e pesquisa em Saúde, Bioética, Biodireito, Ética Científica e Espiritualidade e Ciência, com ênfase na interdisciplinaridade da investigação qualitativa. 

Publicado
2021-04-27
Como Citar
SENA, Michel Canuto de et al. OS EFEITOS DA PANDEMIA NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO BRASIL. Lex Cult Revista do CCJF, [S.l.], v. 5, n. 1, p. 107-119, abr. 2021. ISSN 2594-8261. Disponível em: <http://lexcultccjf.trf2.jus.br/index.php/LexCult/article/view/511>. Acesso em: 22 set. 2021.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##