REFLEXÕES SOBRE A REALIDADE DA INFÂNCIA VIVIDA PELAS CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RUA NA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

  • Douglas Vasconcelos Barbosa Associação de Ensino Superior Santa Terezinha - AESST/PE

Resumo

Neste texto científico, buscamos, por intermédio de autores que dialogam com os Estudos da Infância, refletir sobre a realidade da infância vivida pelas crianças em situação de rua. Destarte, a reflexão foi feita a partir de algumas pesquisas que evidenciam a vivência dessas crianças em uma infância marcada pelas adversidades que a rua proporciona. Ademais, o ponto fulcral do nosso argumento, diz respeito ao fato de que as crianças que vivem em contexto de rua, são sujeitos ativos, seres humanos, dotados de direitos e que precisam de proteção contra quaisquer artimanhas da vida humana por parte da família, da sociedade e do poder público. Por fim, sugerimos, enquanto conclusão de nossa fundamentação que é preciso imprimir a afirmação e concretização da doutrina da proteção integral com sua absoluta prioridade nos direitos de todas as crianças, onde as que vivem em situação de rua também estão – e precisam ser – inseridas.

##plugins.generic.usageStats.downloads##

Não há dados estatísticos.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Educação, Culturas e Identidades pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE. Pós-graduado em Ciência Criminal pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUCMinas. Docente de Ensino Superior da AESST/Pernambuco. Pesquisador do Grupo de Pesquisa Infância e Educação na Contemporaneidade: estudos interdisciplinares – GPIEDUC/FUNDAJ. Parecerista Ad-Hoc em Revistas Científicas e Projetos.  

Publicado
2022-05-11
Como Citar
BARBOSA, Douglas Vasconcelos. REFLEXÕES SOBRE A REALIDADE DA INFÂNCIA VIVIDA PELAS CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RUA NA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. LexCult: revista eletrônica de direito e humanidades, [S.l.], v. 6, n. 2, p. 94-108, maio 2022. ISSN 2594-8261. Disponível em: <http://lexcultccjf.trf2.jus.br/index.php/LexCult/article/view/634>. Acesso em: 16 ago. 2022. doi: https://doi.org/10.30749/2594-8261.v6n2p94-108.
Seção
Dossiê Soc. e Hist. das Infâncias: interlocuções e debates sobre o campo