CORREIOS AÉREOS MILITARES: ALIADOS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DA FAB NA AMAZÔNIA

Resumo

O presente trabalho visa empreender o estudo do processo de criação e implantação do Correio Aéreo Nacional, a princípio como um meio dual, de adestramento dos pilotos militares e de integração nacional e que, em determinado momento, tornou-se um veículo para a execução de ações assistencialistas, por parte do Governo Federal. A História do Correio Aéreo Nacional (CAN) relaciona-se com a inclusão social de populações da Amazônia e a integração nacional. Busca-se resgatar uma parte da História da aviação desde a escola francesa do ensino de pilotos no Campo dos Afonsos até sua dissociação e transferência do Exercito para a Aeronáutica brasileira. Parte-se do princípio de que o processo de escolhas do Comando da Aeronáutica (COMAER), além de ser estratégico, pode salvar vidas.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Ciências Aeroespaciais do Curso de Mestrado Profissional em Ciências Aeroespaciais (PPGCA) da UNIFA, Graduada em Arquivologia pela UNIRIO (1987). Pós-graduação em: O&M, Planejamento Org e direção de arquivo, Polit. Inf. e Org do Conhecimento. Tem experiência na área de Pesquisa, Controle Interno, Arquivologia e Ciência da Informação. Atualmente é membro do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Ciências Aeroespaciais (NEICA) do CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, vinculado a Universidade da Força Aérea, egressa do corpo discente do PPGCA da UNIFA, onde pesquisa sobre as atividades dos pilotos da FAB que exerceram missões humanitárias com o CAN na Amazônia.

Referências

BRASIL. Aviso nº 1.463, 21 de novembro 1918. Aprova a Escola de Aviação Militar, 1918.

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS. Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Café. Rio de Janeiro, [2010]. Disponível em: http://cpdoc.fgv.br/sites/default/files/verbetes/primeira-republica/CAF%C3%89.pdf. Acesso em: 20 nov. 2017.

LAVANÈRE-WANDERLEY, Nélson Freire. História da Força Aérea Brasileira. Rio de Janeiro: Gráfica Brasileira, 1975.

LORCH, Carlos. Do CAN ao SIVAM: a FAB na Amazônia. Rio de Janeiro: Aerospace, 2000.

PERISSINOTTO, Renato Monseff. A República e a modernização do Estado de São Paulo. Cadernos da Faculdade de Filosofia e Ciências – UNESP, Marília, v. 9, n. 2, 2000.

RESERVAER. Clube Virtual dos Militares da Reserva e Reformados da Aeronáutica. Brasília, 2017. Disponível em: http://www.reservaer.com.br/. Acesso em: 20 nov. 2017.
Publicado
2019-12-19
Como Citar
ANTUNES, Claudia Maria Sousa; DE BRITO, Maria Lúcia Valada. CORREIOS AÉREOS MILITARES: ALIADOS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DA FAB NA AMAZÔNIA. Lex Cult Revista do CCJF, [S.l.], v. 3, n. 3, p. 136-156, dez. 2019. ISSN 2594-8261. Disponível em: <http://lexcultccjf.trf2.jus.br/index.php/LexCult/article/view/271>. Acesso em: 22 set. 2020. doi: https://doi.org/10.30749/2594-8261.v3n3p136-156.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##